Estratégia de como sair do mercado

Estratégia de como sair do mercado

Estratégia de como sair do mercado

A negociação com opções binárias tem um objetivo muito bem definido e sua mecânica é tão simples que ajuda a qualquer um que o queira possa iniciar este comércio. No entanto, como em tudo, embora a maneira de proceder seja simples, é necessário saber exatamente o que fazer em cada momento para alcançar os objetivos.

O mercado de opções tem as seguintes características: nos oferece um desempenho elevado, o percentual de ganhos e está pré-estabelecido, e apresenta uma alta volatilidade também.

Vamos ver o que nos deveria estar volatilidade e como podemos lidar com a situação perante o risco.

A volatilidade das opções binárias

Antes de entrar em negociação com opções binárias você deve saber que, embora se lhe oferecerá a possibilidade de obter altos rendimentos de negociação com as tendências dos preços, você também vai estar expondo ao risco que apresenta o mercado com sua alta volatilidade.

De fato, a volatilidade dos ativos está diretamente relacionada com a rentabilidade, mas também com o risco. Como se costuma dizer, a um maior risco mais alta será a rentabilidade potencial das operações, já que às vezes sim você está disposto a correr um risco maior é razoável que a recompensa também esteja à altura.

É claro que, se você não vai poder obter um desempenho mais alto em seus investimentos seria ilógico que estaria exposto a um maior nível de risco, você não acha? E é precisamente por isso que, à medida que aumenta o risco, os benefícios potenciais também tendem a ser mais promissores.

Uma vantagem das opções binárias é que o percentual de benefícios já está definido com antecedência, assim você mesmo poderá ajustar suas operações tendo em conta este fator de risco / benefício.

Tudo isso porque conseguir os resultados que você merece.

A disciplina e a estratégia

Sim vai operar com opções binárias você sabe que você deve ter cuidado com a volatilidade que apresenta o mercado. Por sorte para ti nem sempre você estará em uma situação instável, mas também poderá encontrar momentos onde os mercados estão mais tranquilos.

Basta que mantê-lo alerta e observar com tranquilidade os movimentos, analisando as tendências dos diferentes ativos no mercado. Você deve procurar o momento certo para agir e fazê-lo convenientemente para que suas operações sejam concluídas com sucesso.

Para isso, a disciplina é muito importante e é que manter a calma e controlar as emoções é vital se você não quiser acabar cometendo erros por agir, deixando-se levar por impulsos. Por outro lado, ter um plano bem definido, com objetivos e uma estratégia eficaz será importante, e aqui lhe daremos algumas ideias.

Em qualquer caso, o principal é que procure uma tática de investimento que lhe permita aumentar seus rendimentos e minimizar os riscos.

Neste artigo vamos ensinar a você sobre uma estratégia que costuma funcionar muito bem, trata-se da estratégia de saída do mercado. Vamos ver como podemos levá-la a cabo.

A estratégia de saída do mercado

Por definição, a saída do mercado é o momento em que o preço do ativo atinge os limites de preço e move-se para fora dos níveis máximo e mínimo.

Segundo, se o preço vai variar para cima ou para baixo, estaremos falando de um nível de suporte (baixo) e nível de resistência (para cima). Isto é o que deve ter em conta, principalmente, para desenvolver a seguinte estratégia de saída do mercado.

Sabendo disso, você já pode fazer uma leve ideia de como agir, tendo em conta as direções que tomem os preços dos ativos e onde se dá a ruptura da tendência.

Quando os preços começam a mover-se para fora dos níveis máximo e mínimo que temos fixado de limite, no momento em que os pontos são quebrados, o preço continuará movendo-se para essa direção em busca de um novo patamar de preços.

Portanto, sabemos que sim o preço rompe o aumento pelo nível de resistência, teremos que optar por lançar uma ordem CALL (compra), enquanto que se quebra para baixo, teremos que investir com uma opção PUT (venda).

E isso é precisamente o que consiste a estratégia de mercado, a de lançar uma ordem de saída do mercado quando o preço rompe a baixa.

Cabe destacar a importância de analisar as tendências através dos gráficos e manter-se alerta por se acontecer qualquer mudança brusca nas cotações dos preços. Certifique-se de que as rupturas se deem definitivamente e que não se trate de falsas saídas que costumam ocorrer em determinadas situações de mercado.

Essas falsas saídas ocorrem quando, por exemplo, o preço do ativo subjacente quebra o nível de resistência (para cima), mas não chega a alcançar o novo patamar, mas que, além disso, volta a seu preço anterior.

Portanto, tenha cuidado e certifique-se de que as suas previsões através da análise do mercado sejam certeiras e possa agir convenientemente para recolher os lucros.

Obviamente, é importante que para desenvolver esta estratégia, além de realizar uma análise com calma conhecer a evolução dos preços dos ativos subjacentes diferentes com que você vá a negociar.

Analisar as tendências dos ativos subjacentes é importante para encontrar o momento mais adequado para investir. Investir se orientando a tendência é que tens de fazer, e não investir contra a tendência como se propõem outras estratégias.

Neste caso, a estratégia de saída para o mercado, o importante é que você faça um monitoramento do preço do ativo durante um período de tempo e se o preço se mantenha estável e em ascensão, então você deve considerar fazer uso dessa estratégia de saída, para cima, para obter mais benefícios.

Caso contrário, sim, estamos diante de um mercado em baixa o mais conveniente será optar por uma das saídas para a baixa. Em qualquer caso, eu acho que isso é lógico.

Recomendação

Experimente esta estratégia em um de nossos corretores recomendados

Leave a Reply